-->

Translate

Loading...

quarta-feira, 6 de março de 2013

Morte de Celebridades Ainda Sem Respostas

Não é novidade..
O mundo das artes sempre deixa suas vítimas..
E nos deixam abismados e muitas vezes sem perspectivas de futuro.

A música, o cinema, enfim, tudo o que expressa o que a alma sente, faz parte também de nossas vidas. Isso talvez explique um pouco a dor e falta que sentimos quando alguém que não convivíamos parece ter sido arrancado de dentro de nossos corações, como um irmão que deixou de existir..

Gosto não se discute. Cada um se identifica com o que lhe é semelhante..

Trago agora uma lembrança do que ainda nos é vago e sem explicação..





Brittany Murphy



A atriz Brittany Murphy, famosa por filmes como ''As Patricinhas de Beverly Hills' e 'Recém Casados', morreu no dia 20 de dezembro de 2009, aos 32 anos de idade, enquanto tomava banho. A causa da morte? Uma parada cardiorrespiratória, provavelmente relacionada a um quadro de pneumonia e anemia. Na época, houve boatos de que a morte foi causada pela overdose de um medicamento. O fato é que seu marido, Simon Monjack, morreu cinco meses depois, também por causa de pneumonia e anemia. A mãe de Brittany afirmou que o casal ficou doente devido a um tipo de mofo que se proliferara na residência.

Jim Morrison



Jim Morrison, vocalista da banda The Doors, morreu no dia 3 de julho de 1971, em Paris. Ele teria sofrido um ataque cardíaco enquanto estava na banheira de seu apartamento. Como nenhuma autópsia foi feita, até hoje a causa da morte é especulada. Há teorias de que ele tivera uma overdose de heroína, ou uma crise de asma; ou ainda que morrera não em casa, mas no banheiro de uma boate.


Heath Ledger 



Heath Ledger morreu no dia 22 de janeiro de 2008, aos 28 anos de idade. O corpo foi encontrado no apartamento do ator, em Nova Iorque. A polícia chegou a investigar a hipótese de suicídio, mas o laudo oficial informou que Ledger morreu devido a uma intoxicação acidental, causada pela ingestão de vários medicamentos.

Amy Winehouse


Amy Winehouse morreu no dia 23 de julho de 2011, aos 27 anos de idade. O corpo foi encontrado na casa em que ela morava, em Candem, na Inglaterra. Como as causas da morte não foram descobertas em primeira instância, um teste toxicológico foi encomendado. De acordo com o resultado do exame, Amy faleceu porque teria ingerido uma quantidade abusiva de álcool. Segundo familiares, antes do episódio, a cantora estava se abstendo de bebidas alcoólicas.

John Lennon


No dia 8 de dezembro de 1980, John Lennon estava com Yoko Ono na entrada do prédio em que moravam, em Nova Iorque, quando foi atingido por quatro tiros nas costas. O assassino foi identificado como Mark Chapman, um 'fã' que teria planejado e executado o crime. No entanto, existe uma teoria propagada pelo jornalista Fenton Bresler, que afirma que os verdadeiros mandantes do homicídio foram a CIA, o FBI e membros da extrema-direita dos Estados Unidos.

Bruce Lee


Bruce Lee, ator que ficou famoso por suas habilidades com artes marciais, morreu misteriosamente em 20 de julho de 1973. Neste dia, ele decidiu tomar um analgésico e dormir para curar uma dor de cabeça. Após horas de sono, uma amiga desconfiou que Lee não estava passando bem. Mas já era tarde. Ele morreu por causa de uma reação adversa ao medicamento que tinha ingerido. Obviamente, muitos fãs não acreditaram na história, já que Bruce aparentava ter uma grande resistência. Existem teorias conspiratórias que dizem que o ator foi morto por ter divulgado segredos das artes marciais a ocidentais.

Michael Jackson


Michael Jackson morreu no dia 25 de junho de 2009, aos 50 anos de idade. De acordo com o laudo médico, o cantor teve uma parada respiratória causada por uma overdose de medicamentos, principalmente o anestésico propofol. O médico responsável pelos cuidados do Rei do Pop, Conrad Murray, foi condenado a quatro anos de prisão por homicídio culposo, apesar de afirmar veementemente que o cantor fora o responsável pela morte.

Marilyn Monroe


Marilyn Monroe morreu no dia 5 de agosto de 1962, enquanto dormia. A versão oficial, divulgada pela imprensa, informou que a atriz teve uma overdose de medicamentos calmantes (provavelmente durante uma tentativa de suicídio). Mas também existem outras teorias conspiratórias que ligam sua morte ao presidente John Kennedy e a perseguições da CIA. Marilyn, que seria amante de John (e de seu irmão, Robert Kennedy), teria ligado para o político momentos antes de morrer.

John F. Kennedy


No dia 22 de novembro de 1963, o presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, foi assassinado por dois disparos enquanto desfilava em um carro, pelas ruas de Dallas (Texas). O atirador foi preso minutos depois do crime, mas há quem acredite que o homicídio foi obra de alguns agentes da CIA contrários a Kennedy.

Paul Gray


Paul Gray, baixista da banda Slipknot, foi encontrado morto em um quarto de hotel, no dia 24 de maio de 2010. De acordo com um comunicado oficial, a causa da morte foi uma overdose acidental. Apesar de a hipótese de suicídio ter sido descartada, muitos entusiastas acreditam que Paul pode ter se matado.

Lady Diana


Diana Frances Spencer, a Princesa Diana, morreu no dia 31 de agosto de 1997, após sofrer um acidente de carro em Paris. Ela tinha acabado de se divorciar do Príncipe Charles e estava passeando com o namorado Dodi Al-Fayed. Teorias conspiratórias afirmam que, na verdade, a morte de Diana não foi um acidente, mas um assassinato encomendado pelo Principe Philip (marido da Rainha Elizabeth).

Elvis Presley


Elvis Presley morreu no dia 16 de agosto de 1977. De acordo com o laudo, o cantor teve uma arritmia cardíaca relacionada ao uso exagerado de medicamentos. No entanto, muitos entusiastas acreditam que, na verdade, o cantor não morreu nessa data e outros acham que ele continua vivo. Alguns fãs afirmam até ter avistado o astro perambulando por aí - teoria que alimenta dezenas de lendas urbanas. Em 2010, o médico que cuidara de Elvis durante 12 anos, afirmou que a morte, na verdade, foi causada por uma prisão de ventre.

James Dean


Em 30 de setembro de 1955, o "Golden Boy", como era chamado, morreu aos 24 anos em um acidente de trânsito a bordo de seu Porsche 550, no auge de sua carreira artística.
Dean participava de competições de automóveis, mas no dia em que iria estrear sua nova "máquina", aconteceu a tragédia. Tratava-se de um dos esportivos mais conhecidos da história, com motor 4 cilindros de 1 500 cilindradas, com 100 cavalos por litro de cilindrada.
Os fãs se negaram a acreditar no desaparecimento do ídolo e diziam que ainda estava vivo; teria ficado desfigurado depois do acidente. O que de fato aconteceu depois do acidente foram coisas estranhas com os donos das peças que restaram do carro de Dean. Mortes, acidentes raros e, o mais absurdo de tudo, o Porsche 550, apelidado por Dean de "Little Bastard", simplesmente desapareceu. Uma maldição? Puro acaso?



Alexandre Magno Abrão - Chorão - 06/03/2013





Não sou muito bom em homenagens..

Além disso, ainda há muitos outros a mencionar que sentimos falta e não sobraria espaço..

É mais uma vida roubada pela gana do sistema..

Que Deus esteja com todos e dê forças a quem precisa continuar sua caminhada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário